Cadastra-se para receber notícias
Serviços Públicos

23/11/2004 12:00

Tamanho da fonte

Preocupado com as constantes reclamações da população gaúcha e com as dificuldades de atendimento nas agências do INSS no Estado, o vice-líder da bancada do PT na Assembléia Legislativa deputado Elvino Bohn Gass e o deputado federal do PT Orlando Desconsi, reuniram-se, em Brasília, com Luís Hiroshi Sakamoto, Secretário do Ministério do Planejamento. Os deputados foram pedir a Sakamoto que o Governo Federal atenda a reivindicação dos funcionários do INSS e abra concurso público para a contratação de, pelo menos, 10 mil novos servidores para o órgão. O secretário do Ministério, contudo, informou a Bohn Gass e Desconsi que há deficiência de vagas em diversos outros setores do Executivo Federal e que o Governo Lula, sensível a estas deficiências, está abrindo concurso para diversas áreas. "Não há como suprir todos ao mesmo tempo, mesmo assim, obtivemos a garantia do secretário nacional de que para o INSS já foi autorizada a abertura de um concurso público que, num primeiro momento, proverá o órgão com 2.400 novos funcionários," informa Desconsi.

"Os governos anteriores desmontaram a máquina pública, trataram muito mal os funcionários e não investiram em qualificação. O Governo Lula está, aos poucos, recuperando este estrago", afirma.

De volta ao Rio Grande do Sul, Bohn Gass reuniu-se, hoje (23/11), com o Superintendente Estadual do INSS Delmar Joel Rodrigues Eich para informar-lhe sobre as decisões do Ministério do Planejamento. "O superintendente vem enfrentando muitas dificuldades em função de problemas que vão além da falta de pessoal. Mesmo assim, acertamos que seguiremos pleiteando melhorias para o INSS já que, em última análise, quem mais sofre com o mau atendimento são as pessoas que procuram, e procuram porque precisam, os serviços do órgão", finaliza Bohn Gass.

Compartilhe:

  • Facebook
  • Share on Twitter