Cadastra-se para receber notícias
Santo Cristo

20/12/2005 12:00

Tamanho da fonte

Projeto de ampliação de ginásio já está pronto

O Estado deverá liberar recursos referentes à contrapartida para os serviços de ampliação do ginásio da Escola Estadual Básica Leopoldo Ost, na primeira semana de janeiro. A informação é do deputado estadual Elvino Bohn Gass (PT), que acompanhou audiência entre o diretor da Escola, Aloísio Reis, o representante do Círculo de Pais e Mestres da instituição, Hugo Amantino Gallas, e integrantes do Departamento de Obras Públicas da Secretaria de Obras e Saneamento, no início da tarde desta terça-feira (20).

A polêmica se deu porque o Ministério dos Esportes destinou, a partir de uma emenda parlamentar, R$ 110 mil para a execução da obra. No entanto, o recurso, que só pode ser utilizado junto com a contrapartida estadual, ainda não pode ser acessado porque o Estado não liberou a sua parte. Nossa preocupação era garantir que a escola não perdesse a verba federal em função do não repasse do governo Rigotto. Tínhamos o prazo até 31/12. Fomos informados, agora, de que o contrato com o governo Lula foi renovado e de que os repasses serão feitos no início do próximo mês, salientou Bohn Gass.

O orçamento total do serviço, que obedeceu ao padrão da Divisão de Obras da Secretaria de Obras Públicas e Saneamento, é de R$ 131,86 mil. O investimento gaúcho seria de R$ 22 mil. Porém, conforme o diretor do Departamento de Obras Públicas, Odir Baccarin, a Coordenadoria de Obras de Santa Rosa deverá abrir uma licitação para os serviços na própria região. Vamos atualizar este orçamento e, então, o governo do Estado colocará sua parte, garantiu.

Por sugestão de Bohn Gass, que atende a solicitação do diretor Aloísio Reis, além da ampliação, a secretaria irá avaliar a possibilidade de reforma das instalações já existentes no ginásio. Propusemos e a secretaria aceitou designar um técnico para visitar o local e ver se há como incluir no novo orçamento mais alguns metros cúbicos de concreto para melhorar as arquibancadas e o piso. Baccarin nos disse que a idéia pode ser viável se, com estes materiais, o valor orçado não ultrapassar os R$ 149 mil , destacou o petista. Esperamos que o governo, de fato, faça os encaminhamentos necessários para que os alunos da Escola Leopoldo Ost desfrutem destas benfeitorias o quanto antes, concluiu o parlamentar.

Compartilhe:

  • Facebook
  • Share on Twitter