Cadastra-se para receber notícias
Fundoleite II

01/03/2006 12:00

Tamanho da fonte

Na tarde desta quarta-feira (1º), ao receber da líder do governo Rigotto, deputada Maria Helena Sartori, a cópia do projeto do Executivo que cria um Fundo de Desenvolvimento do Setor leiteiro, Fundoleite, o presidente da Comissão de Agricultura, Pecuária e Cooperativismo do Legislativo (CAPC), deputado Elvino Bohn Gass (PT), ficou surpreso ao constatar que o mesmo não corresponde à minuta de texto entregue na última quinta-feira (23) pelo secretário Odacir Klein em audiência com representantes do setor.

O deputado pretendia discutir o texto com as entidades ligadas ao setor antes da votação do veto ao projeto aprovado por unanimidade em novembro passado, que tratava deste mesmo fim. A votação deste veto está prevista para acontecer no próximo dia 7. “É positivo que o governo Rigotto tenha atendido às solicitações da CAPC e agilizado o protocolo. Porém, infelizmente, há um retrocesso entre a proposta apresentada pelo secretário Klein e a apresentada no dia de hoje pela líder do governo ”, lamenta o petista.

O novo projeto do Executivo não garante a disponibilidade mínima de recursos para o Fundo e não contempla adequadamente a participação dos produtores e cooperativas no conselho que irá decidir sobre o uso e a destinação dos recursos. Também retira a prioridade para a agricultura familiar, que consta no projeto aprovado na Assembléia Legislativa. “Temos uma situação confusa: a bancada governista aprovou no Legislativo um projeto que o governador vetou integralmente; o secretário de agricultura apresenta uma proposta de novo projeto e a líder do governo, outra. Precisamos saber como Holfeldt orientará o voto dos deputados de sua base na terça-feira. A manutenção do veto sem uma proposta favorável poderá não contemplar as demandas dos agricultores neste momento de crise”, conclui Bohn Gass.

Compartilhe:

  • Facebook
  • Share on Twitter