Cadastra-se para receber notícias
Agricultura II

05/04/2006 12:00

Tamanho da fonte

Qual a posição da Secretaria de Agricultura e Abastecimento sobre os Projetos de Lei do Executivo que tratam do Fundoleite e de um Programa de Desenvolvimento para o setor? O que está sendo feito em relação ao programa que deverá substituir o RS Rural? Como ficam as questões dos concursados e contratados emergencialmente para defesa agropecuária e da aplicação da Portaria 65, que restringe a atividade de boa parte dos agricultores por regular a utilização de viveiros de mudas cítricas? Estas são algumas das perguntas que o presidente da Comissão de Agricultura, Pecuária e Cooperativismo do Legislativo (CAPC), deputado Elvino Bohn Gass (PT) deverá fazer ao novo secretário estadual de Agricultura e Abastecimento (SAA), Quintiliano Vieira, em audiência nesta quinta-feira (6).

Segundo o parlamentar, todos estes temas foram tratados, ao longo do ano de 2005, em reuniões com o ex-secretário Odacir Klein, que comprometeu-se em fazer os devidos encaminhamentos. “Trabalhamos na Comissão e discutimos estes assuntos com o ex-secretário, mas os desdobramentos eram sempre protelados. Insistimos nestas questões por que são temas importantes para agricultura gaúcha e que ainda aguardam posição efetiva do Estado. É isso que vamos reforçar ao secretário Quintiliano.”, explicou Bohn Gass.
Estarão na pauta do encontro, que deverá ocorrer na sede da SAA, às 16h30, ainda as providências para a instalação de Câmaras setoriais de apicultura e de floricultura, como havia sido acordado com o então secretário Odacir Klein e a posição do Governo Rigotto sobre os projetos da CAPC de implementação de um Plano Safra e de um Código do Solo no Estado.

Na oportunidade, o novo secretário de Agricultura será convidado a participar de uma audiência na Comissão para expor seu plano de trabalho para o ano de 2006. “Recebemos o secretário Klein e, agora, esperamos Quintiliano Vieira no Legislativo. É a oportunidade que temos de saber o que pensa e o que planeja o dirigente para uma área tão importante para a economia gaúcha”, finalizou o petista.

Compartilhe:

  • Facebook
  • Share on Twitter