Cadastra-se para receber notícias
No 8 de março, Dia Internacional da Mulher

06/03/2009 12:00

Tamanho da fonte

À
Rosa de Luxemburgo, Frida Khalo, minha mãe Olga, minha esposa Erica, Irmã Dulce, Doroty Stang, Elis Regina, Alexandra Kollontai, Simone de Beauvoiir, Stela Farias, Marisa Formolo, Vânia Araújo, Margarida Alves, Helena Bonumá, Marisa Formolo, Maria do Rosário, Emília Fernandes, irmã Lourdes Diehl, Cecília Hipólito, Sofia Cavedon, Maria Celeste, dona Judite, Andréa Farias, Paola Caumo, Renata Menasche, Cecília Bernardi, Genoveva Haas, Olga Benário Prestes, Denise Ritter, Stella Valenzuela, Tereza Campello, Eliane Tizzoti de Sete de Setembro, Adelaine Seger, Terezinha Kolnikowski, Laurinha de Campina, Marisa Basso, Isabel Cristina de Capivari, Loiva de Cerro Largo, Lorinda de Coronel Barros, Gesiane de Eugênio de Castro, Janete de Guarani, Elaine de Porto Mauá, Xuxu de São Luiz, professora Lu de Torres, Marli de Três Passos, Beate de Tuparendi, minhas irmãs, minhas sobrinhas, minhas avós, Dilma Roussef, Rejane Oliveira, Silvana Klein, Rose de Gravataí, Rosângela Angelim, Rica Sanco, Claúdia Prates, Sylvia Severo, professora Glaci, Cida da CSD, Taninha, Dalva e Claudinha do MDA, Joana Stédile, Juiza Simone Barbisan Fortes, Elisia Gatelli, Marlice Kieling, Ana Terra, Daniela Moreira Ludwig, doutora Maira, Necka Ayala, Claudinha Dutra, Olga Arnt, Tisiane Mordini, Luciane e Mariana Fagundes, Fernanda Montenegro, Camila Marcarini, Lisiane, Babi Papini, Anunciação, Rosane da bancada, Scheila Maciel Batista, Ângela, Aniger, Ana Fialho, Ana Elise, Jocemara, Suzana Lisboa, Márcia Schuler,Liliane Pont, Marinês e Loiva da Cáritas, Anita Garibaldi, Cristiane Viana Amaral, Vânia Barbosa da Escola do Legislativo, Marina Silva, Lena Fammer, Maribel da Economia Solidária, Eliane Silveira, Flávia de Livramento, Iara Aragonês, Zê do elevador, irmã Clarice de Alvorada, Maria mãe de Jesus e Maria Madalena e outras, muitas outras fantásticas mulheres que influenciaram, que passaram pela minha vida, mulheres com quem aprendi, mulheres que amo e amei, companheiras de luta e de vida. Tantas mulheres incríveis, que é quase impossível nominá-las numa única leva. A todas, todas vocês, muito, muito obrigada, mesmo. E àquelas que, por acaso, tenham ficado fora desta lista: perdão. Saibam que, de forma alguma, vocês estarão fora do meu coração. Grande abraço!
Elvino Bohn Gass

Compartilhe:

  • Facebook
  • Share on Twitter