Cadastra-se para receber notícias
Alegrete

16/06/2009 12:00

Tamanho da fonte

O líder da bancada do PT, deputado Elvino Bohn Gass, denuncia que a unidade da UERGS em Alegrete está prestes a fechar suas portas. "O curso de Pedagogia, que formou duas turmas, não teve novo vestibular e está paralisado. E o curso de Tecnólogo em Agropecuária, que também formou duas turmas, tem uma terceira em fase de conclusão sem que tenha havido vestibular para novas vagas. O governo Yeda está matando a UERGS de Alegrete".

Segundo Bohn Gass, que esteve no município e conversou com o coordenador da UERGS local, professor Aluísio Guedes, a unidade, que chegou a contar com 15 professores, hoje só tem dois. Na parte administrativa, conforme o deputado, sobraram apenas quatro funcionários. "A comunidade alegretense se mexeu e a Prefeitura estava ajudando a recuperar uma antiga oficina do DAER que vinha servindo de sede para a UERGS no município. Hoje, diante do total descaso do Estado, nenhuma nova melhoria está sendo feita. Tudo está parado."

Bohn Gass diz que esta semana estará encaminhando um pedido de informações à Reitoria da UERGS para saber quais são os planos da instituição em relação à unidade de Alegrete. "Enquanto o governo Lula está abrindo quatro cursos que vão abrigar cerca de 500 alunos pela Unipampa em Alegrete, o governo Yeda destrói a UERGS".

Compartilhe:

  • Facebook
  • Share on Twitter