Cadastra-se para receber notícias
Funcionalismo

13/08/2009 12:00

Tamanho da fonte

O líder da bancada do PT na Assembleia Legislativa, Elvino Bohn Gass, considera que o indiciamento de sindicalistas, em função do protesto na frente da casa da governadora, é mais uma tentativa de criminalizar os movimentos sociais. "Foi um ato legítimo que em nada justificou o indiciamento das lideranças. Infelizmente, a governadora usou a polícia, que é um instrumento do Estado, para perseguir aqueles que vêm denunciando as irregularidades cometidas em sua administração", frisou.

Fase

O parlamentar criticou, ainda, a desestruturação da Fundação de Apoio Socioeducativa. Segundo o petista, faltam cerca de 700 servidores nas 11 unidades existentes no Estado, que estão superlotadas. "A falta de pessoal e de estrutura é tão grande que, ao invés de suporte psicológico e terapêutico, os menores estão sendo contidos com medicamentos", revelou.

Nesta quinta-feira (13), os servidores da Fase realizaram um ato de protesto contra o descaso do governo com a instituição. Além de exigir melhores condições de trabalho, eles denunciaram a negociação da área do Complexo Padre Cacique, levada a cabo pelo Executivo. "O governo diz que, com a venda do terreno, poderá criar novas vagas. O mais lógico, no entanto, seria construir um novo centro naquele mesmo local", ponderou Bohn Gass, que acompanhou a movimentação dos trabalhadores.

O líder petista alertou, ainda, para a intenção do governo do Estado de firmar convênios com ONGs para a criação de dez casas de semiliberdade no Rio Grande do Sul. "O governo repassaria R$ 35 mil por mês para o atendimento de 20 jovens. Com isso, o Estado se isentaria de qualquer responsabilidade de supervisionar ou acompanhar o atendimento prestado. A idéia é baseada na experiência do Círculo Operário Leopoldense, que de socioeducativa não tem nada", frisou o deputado.

Conforme representantes do Semapi que estiveram no local em junho, os 18 jovens abrigados no COL não freqüentam a escola e não fazem nenhum curso profissionalizante. As atividades se resumiam a assistir à televisão.

Compartilhe:

  • Facebook
  • Share on Twitter