Cadastra-se para receber notícias
Por sugestão de Bohn Gass, MDA vai criar o Mais Alimentos Especial para atingidos pela enchente

08/02/2010 12:03

Tamanho da fonte

Idéia é oferecer financiamento barato à compra de animais e reconstrução de galpões, aviários e chiqueiros

Enquanto transcorria a reunião da Associação dos Municípios do Vale do Taquari nesta quarta-feira (6/1) quando eram buscadas soluções para minimizar os estragos causados pelas enchentes na região, o líder da bancada do PT, deputado Elvino Bohn Gass, ligou para o ministro do Desenvolvimento Agrário, Guilherme Cassel, e fez um pedido: que o Governo Lula crie uma modalidade especial do programa Mais Alimentos para financiar a compra de animais e a reconstrução de estrebarias, chiqueiros, galpões e aviários, que foram totalmente destruídos pelas chuvas. Na proposta de Bohn Gass, ao governo do Estado caberia a equalização dos juros do programa. "A conta não pode ser paga só pelo governo Lula. Se Yeda quiser ajudar, deve assumir a equalização. Os juros são baixos e ao Estado caberia, portanto, um valor pequeno mas fundamental nesta hora," diz o petista.

Segundo Bohn Gass, o ministro Cassel garantiu que a proposta entrará em estudo imediatamente como forma de ajudar os produtores atingidos pelas enchentes a reorganizarem suas vidas e a retomarem a geração de renda e a subsistência de suas famílias. "Quem viu o que eu vi, não podia esperar. Os leitos dos rios simplesmente desapareceram. E com eles, as casas, os animais, as lavouras, os galpões. O que aconteceu aqui foi um grande desastre", afirmou o deputado que saiu das Missões pela manhã para chegar às 14h na reunião da AMVAT que aconteceu na Prefeitura de Marques de Souza.

SEGURO GARANTE AS DÍVIDAS - ‘Segundo Bohn Gass, o programa Mais Alimentos já comprovou sua eficácia ao oferecer financiamentos com juros muito baixos para que os agricultores familiares pudessem enfrentar a crise mundial de alimentos e, ainda, ampliar suas produções. Mais do que isto, ao estender o Mais Alimentos para a indústria de máquinas agrícolas, o governo Lula, conforme o deputado, "não só garantiu a sobrevivência do setor em plena crise financeira como possibilitou a ampliação dos empregos nesta área. É uma ferramenta já testada que, agora, pode ajudar muito os agricultores dos vales do Taquari e do Rio Pardo".

Ainda na reunião, o líder petista reafirmou que os trabalhadores rurais enquadrados no programa do Seguro Agrícola da Agricultura Familiar, terão suas dívidas perdoadas. E comprometeu-se com os prefeitos a buscar recursos junto aos governos Federal e Estadual para a compra imediata de semente de milho e forrageiras e, ainda, para a reconstrução de pontes e estradas.

Compartilhe:

  • Facebook
  • Share on Twitter