Cadastra-se para receber notícias
Adesão massiva regional garante mais uma edição em parceria com a URI

22/03/2010 08:12

Tamanho da fonte

"Um evento fantástico", assim o diretor geral da URI Santo Ângelo, professor Gilberto Pacheco definiu a solenidade de abertura do Fórum Social Missões, que ocorreu na noite de ontem, no campus da Universidade, com a presença de mais  mil pessoas."Foi a primeira vez em que um evento lotou o nosso auditório e ainda ocupou o estacionamento da URI", admirou-se Pacheco, que colocou a estrutura da Universidade mais uma vez à disposição das ONGs Políticas Públicas Outro Mundo é Possível e Associação Riograndense de Educação e Desenvolvimento (AREDE), para a realização da quarta edição do Fórum Missioneiro.
Coordenador do evento, o professor Gilberto Corazza lembrou a importância dos debates do Fórum Social Missões não só na atualização do diagnóstico dos gargalos que obstaculizam a construção de um mundo mais justo e igualitário, mas pelo apontamento de diretrizes e caminhos para incidir concretamente nos governos para a implementação de políticas públicas de combate aos preconceitos e que possibilitem o bem estar da população.
Também pela coordenação do Fórum Missioneiro Jéferson Fernandes acrescentou que é a participação massiva de representantes de cooperativas, sindicatos, entidades e lideranças regionais e locais que viabiliza a possibilidade da concretização de ações reais a partir dos debates do evento. "A idéia do FSM é clara: analisamos o nosso passado missioneiro, associamos com o presente e juntos discutimos de que forma podemos projetar um futuro mais de acordo com este ideal de um outro mundo possível", resumiu
Ele destacou ainda a determinação dos realizadores do evento, em 2006, que vencerem a "idéia pessimista" vigente à época de que não seria possível realizar debates sociais na região das Missões, e conseguiram lançar o I Fórum. "O evento  está consolidado pelo apoio da nossa região e de milhares de pessoas que acreditam em lutar por esta outra visão de mundo. Que continuemos com este espírito guerreiro do Fórum Missioneiro mas, como dizia Che Guevara, sem perder a ternura. Vida longa ao Fórum Social Missões", finalizou Fernandes
À tarde, a programação do III Fórum Social Missões terá continuidade das 14h às 17h, com a realização de oficinas temáticas e na seqüência, com a Feira de Idéias e Projetos, que envolve o lançamento de lvárias obras literárias seguido de bate-papo com os autores.

Compartilhe:

  • Facebook
  • Share on Twitter