Cadastra-se para receber notícias
Bohn Gass: Campus do IFFET é um marco no ensino técnico regional

05/05/2010 05:19

Tamanho da fonte

O líder da bancada do PT na Assembleia Legislativa, deputado Elvino Bohn Gass acompanha, na próxima sexta-feira (07/04) o ato de entrega do prédio do IFFET Santa Rosa à comunidade regional. O Campus está numa área total de nove hectares com cerca de 4,4 mil m² de área construída. A obra foi orçada em mais de R$ 7 milhões.

"É um marco no ensino técnico de nossa região. O curso técnico profissionaliza o estudante e, muitas vezes, é o que lhe garante trabalho e renda para alimentar a família e possibilitar que ele possa seguir seus estudos de terceiro grau," comenta Bohn Gass.

Para o deputado, Santa Rosa e região são provas da importância que o Governo Lula vem dando à educação pois além do IFET, recentemente aconteceu a implantação da Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS). "Pela primeira vez na história, temos um governo que não só acredita no potencial e na capacidade da nossa gente mas investe pesado para concretizar uma transformação social profunda na nossa região através do ensino. É assim que se faz desenvolvimento", comemora Bohn Gass, referindo-se aos mais de R$ 7 milhões destinados à construção do IFFET e aos R$ 2,7 milhões investidos na compra da sede provisória do campus da UFFS em Cerro Largo, que abriga mais de 300 alunos, matriculados em 5 cursos.

O IFFET Santa Rosa já tem 245 estudantes matriculados em nove modalidades de cursos técnicos: integrados ao ensino médio; subsequentes, para alunos que já concluíram o ensino médio; e Profissionalização de Jovens e Adultos (Pro-EJA), dedicado aos alunos com mais de 18 anos que não tem ensino fundamental. Além disso, 13 alunos do Presídio de Santa Rosa já estudam no curso de Operadores de Micro-computador, pelo Pro-EJA/FIC (Formação Inicial Continuada), numa parceria entre Prefeitura e Instituto. "É a educação socialmente inclusiva na prática o que norteia tanto o Instituto quanto a Universidade", acrescenta o petista.

Para o segundo semestre de 2010, a direção do IFFET Santa Rosa prevê a abertura de mais 160 vagas, sendo 25 para Técnico em Agroindústria subsequente; 35, para Técnico em Vendas subsequente; e 100, para o Pro-EJA/ FIC. Em 2011 serão implantados cursos de tecnólogos e para formação de professores, além de especializações e licenciaturas.

No RS, os Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia foram criados para proporcionar ensino e educação profissional e tecnológica formadora de cidadãos críticos para o mundo do trabalho de forma a responder às necessidades de desenvolvimento regional. O diferencial dos IFFETs é que 50% das vagas obrigatoriamente devem ser direcionadas aos cursos técnicos profissionalizantes de nível médio e os 50% restantes são destinados a cursos de graduação e Pós-graduação.
No Estado, são sete campus, localizados em Alegrete, Júlio de Castilhos, Panambi, Santa Rosa, Santo Augusto, São Borja e São Vicente do Sul, além da reitoria, situada em Santa Maria. Para 2010, a previsão de investimentos é de R$ 56 milhões.

Compartilhe:

  • Facebook
  • Share on Twitter