Cadastra-se para receber notícias
Governador garante aplicação de recursos para o desenvolvimento do RS, em Santa Rosa

31/01/2012 11:55

Tamanho da fonte

Governador garante aplicação de recursos para o desenvolvimento do RS, em Santa Rosa

A cidade de Santa Rosa, distante 513 km de Porto Alegre, e localizada na Fronteira Noroeste do RS sediou, nesta segunda-feira (30), a primeira interiorização do Governo do Estado em 2012. A reunião de trabalho ocorreu no período da tarde, no Centro Cívico Antônio Carlos Borges, e foi coordenada pelo governador Tarso Genro, acompanhado por seu secretariado. Pela manhã, o chefe do Executivo inaugurou o acesso asfáltico ligando os municípios de Novo Machado e Tucunduva.

Tarso destacou o número expressivo de representantes municipais durante o encontro e salientou a capacidade de reação da Fronteira Noroeste diante do problema da seca. "Temos uma presença extraordinária de prefeitos no dia de hoje. Apesar da região estar sofrendo com toda essa estiagem, ela está como o Governo do Rio Grande do Sul. Não está de joelhos. Está trabalhando, olhando para o futuro e criando condições para o desenvolvimento", afirmou.

Os titulares das secretarias fizeram um balanço das atividades e ações de suas pastas referentes aos assuntos de interesse local. Na área da Educação, por exemplo, o secretário Jose Clovis de Azevedo divulgou a liberação de R$ 2,1 milhões para a realização de obras de recuperação e ampliação em 19 escolas da Fronteira Noroeste. Já na área da Infraestrutura, o titular Beto Albuquerque anunciou ordem de serviço para obras em estradas do Lote 13 do Programa O Estado na Estrada.

Além disso, por meio da Agência Gaúcha de Desenvolvimento e Promoção do Investimento (AGDI), o Governo irá destinar R$ 540 mil anuais para constituição de um núcleo de extensão produtiva e inovação. Ao todo, foram assinados sete termos entre o Executivo Estadual, prefeituras e cooperativas visando acordos de cooperação técnica para perfuração de açudes, poços de abastecimento de água e adesão ao RS Mais Igual e ao programa Leite Gaúcho.

Ao garantir que o Executivo possui meios para fomentar o desenvolvimento gaúcho, o governador reiterou que o Rio Grande do Sul tem dinheiro para investir. "Colocamos no Estado R$ 2 bilhões, por meio da CEEE, num acordo feito com o Governo Federal, renegociamos a dívida do Rio Grande do Sul e buscamos investimentos internacionais. O Governo tem dinheiro para cumprir o plano de obras já divulgado por nós", afirmou.

Na parte final do encontro, as secretarias e órgãos do Executivo estadual que integram a Sala de Situação (que trata das ações contra a estiagem) realizaram uma reunião com os prefeitos da região. A oportunidade serviu para a troca de informações sobre os recursos de apoio disponíveis aos municípios, bem como para debate de medidas relativas à questão.

Texto: Anamaria Bessil
Foto: Camila Domingues

Compartilhe:

  • Facebook
  • Share on Twitter