Cadastra-se para receber notícias
Bohn Gass divulga lista de escolas beneficiadas com Plano de Necessidade de Obras na 17ª CRE

12/03/2012 08:20

Tamanho da fonte

Bohn Gass divulga lista de escolas beneficiadas com Plano de Necessidade de Obras na 17ª CRE

Para saber a quantas anda o Plano de Necessidade de Obras (PNO) na região da 17ª Coordenadoria Regional de Educação (CRE), o vice-líder da bancada do PT na Câmara Federal deputado Elvino Bohn Gass encontrou-se com coordenadora, professora Ilse Bamberg. Na avaliação da CRE, o Governo Tarso mudou para melhor a sistemática para atender as necessidades de obras escolares. A coordenadora informou ao deputado que das 400 obras previstas no PNO para este ano, 12 estão na área de abrangência da 17ª CRE. Confira a lista das escolas que serão beneficiadas:

- Escola Estadual de Ensino Médio Alfredo Nedel – Santa Rosa

- Prédio da 17ªCRE

- Escola Estadual de Ensino Fundamental Ermindo Vier – Santa Rosa

- Escola Estadual de Ensino Fundamental Alfredo Saffi – Giruá

- Escola Estadual de Ensino Fundamental Timbaúva – Santa Rosa

- Escola Estadual de Ensino Fundamental Bráulio Oliveira – Santa Rosa

- Escola Estadual de Ensino Fundamental Mercedes Motta - Santa Rosa

- Escola Estadual de Educação Básica Leopoldo Ost – Santo Cristo

- Escola Estadualde Educação Básica Joaquim José Felizardo – Santa Rosa

- Escola Estadual de Ensino Médio República Argentina – Porto Lucena

- Instituto Estadual de Educação Cardeal Pacelli – Três de Maio

- Instituto Estadual de Educação Cristo Redentor- Cândido Godói

      A lista, segundo Ilse Bamberg, foi elaborada após a Secretaria de Educação, a Coordenadoria Regional e as direções de escolas realizarem um estudo minucioso das necessidades de reformas e ampliações para atender os alunos e a comunidade escolar com mais qualidade. “O PNO muda a concepção: até hoje, o Estado vinha efetuando reformas parciais nos prédios das escolas. Agora, a ideia é contemplar a totalidade do espaço escolar, ou seja, a nova sistemática será intervir com modificações incluindo acessibilidade, paisagismo, PPCI (Programa de Prevenção Contra Incêndio), sala de estudo para o professor, climatização, monitoramento por câmeras, entre outros itens como, por exemplo a construção ou cobertura de 190 quadras esportivas” detalha o deputado Bohn Gass.

            388 ESCOLAS – A meta do Governo do Estado é reformar 388 escolas – 15% da rede – até o final de 2013. As primeiras obras já devem começar no segundo semestre deste ano. O investimento total será de R$ 172 milhões. O critério utilizado para escolher as instituições foi o grau de sucateamento.
A grande reforma reserva espaço, ainda, para projetos sustentáveis, como a reutilização de água da chuva e alternativas não convencionais de captação de energia elétrica, como placas solares ou outros sistemas.
            Dos cerca de R$ 172 milhões disponibilizados para o PNO, sairão dos cofres do Estado R$ 100 milhões. O restante virá de financiamentos do Banco Mundial e de programas do governo federal, como o Programa Brasil Profissionalizado e o Plano de Ações Articuladas (PAR).


Compartilhe:

  • Facebook
  • Share on Twitter