Cadastra-se para receber notícias
Lei de Bohn Gass agrada o Secretário de Meio Ambiente de Bagé que busca verbas em Brasília

03/02/2011 12:11

Tamanho da fonte

Para buscar medidas minimizadoras à estiagem que, mais uma vez, assola o município de Bagé, é que o Secretário Municipal de Meio Ambiente, Alexandre Melo, esteve em Brasília nesta quarta-feira (3/2). E no gabinete do deputado federal Elvino Bohn Gass (PT), tratou do ponto mais importante de sua missão à Capital Federal: "O prefeito Dudu pediu que eu fosse à Defesa Civil para buscar verbas para a compra de equipamentos que nos permitam construir açudes e ampliar a rede de água em nosso município. Mas a tarefa mais importante era tratar, em nível de governo federal, de medidas que previnam novos desastres naturais, sejam estiagens ou enxurradas. Neste sentido, fiquei entusiasmado com a lei estadual de autoria do deputado Bohn Gass que possibilitou aos municípios gaúchos, o Decreto de Atenção Hídrica" disse o secretário Melo.

Bohn Gass garantiu ao secretário que irá acompanhar junto à Secretaria Nacional de Defesa Civil do Ministério da Integração, o andamento do projeto que pretende garantir ao município de Bagé, verbas de R$ 5 milhões. "E, certamente, com a disposição manifestada pela presidenta Dilma de criar mecanismos de prevenção às secas, poderemos oferecer a nossa colaboração já que, no Rio Grande do Sul, conseguimos aprovar uma lei neste sentido. Pela nossa lei, os municípios que, a partir de estudos meteorológicos, mostrarem que serão alvo de secas, poderão decretar o Estado de Atenção Hídrica e, assim, antes da catástrofe, garantir prioridade no recebimento de recursos para melhorias como, por exemplo, a construção de açudes. Levaremos esta experiência ao Ministério da Integração", finalizou Bohn Gass.

Compartilhe:

  • Facebook
  • Share on Twitter