Cadastra-se para receber notícias
Bohn Gass diz que com Pronacampo, Brasil terá, enfim, projeto de verdade para a educação rural

20/03/2012 07:58

Tamanho da fonte

Bohn Gass diz que com Pronacampo, Brasil terá,  enfim, projeto de verdade para a educação rural

            Distribuir, para 3 milhões de estudantes, material didático-pedagógico que respeita a realidade do campo. Implantar turno integral em 10 mil escolas rurais. Construir 3 mil novas unidades de ensino na zona rural. Ofertar de 120 mil bolsas de estudo e comprar oito mil ônibus para o transporte de estudantes. Esta é a síntese do Programa Nacional de Educação no Campo (Pronacampo), lançado pela presidenta Dilma Rousseff nesta terça-feira (20/3), no Palácio do Planalto.

            “É um dia histórico. Enfim, um projeto de verdade para a educação no campo” avaliou o vice-líder da bancada do PT na Câmara Federal,  deputado Elvino Bohn Gass (PT), que acompanhou o lançamento do programa em Brasília. A participação efetiva dos movimentos sociais do campo na construção do programa, saudada pelo ministro da Educação Aloísio Mercadante durante a apresentação de hoje, também agradou Bohn Gass. “A tal ponto que experiências como a pedagogia da alternância, adotada pelas Escolas Familiares Rurais, está contemplada. O Pronacampo contém um ingrediente absolutamente fundamental que é a adaptação dos conteúdos à realidade rural.”

            Em sua manifestação, a presidenta Dilma disse que o Pronacampo faz parte da estratégia de combate à miséria de seu governo. “Junto com o Bolsa Família, este programa é um dos eixos estratégicos porque aposta não só em retirar as pessoas das condições de miséria, mas implica em garantir que as gerações futuras terão um outro tipo de horizonte de oportunidades à sua frente”.

            Para Bohn Gass, a presidenta tem razão quando diz que “apostar que as gerações futuras se beneficiarão com o que estamos fazendo agora, vai mudar a feição do campo brasileiro e garantir que ele será um lugar digno, de qualidade para se morar e se criar os filhos.”

             João Manoel de Oliveira – maneco1313@gmail.com – (61) 9303 0591

Compartilhe:

  • Facebook
  • Share on Twitter