Cadastra-se para receber notícias
Bohn Gass diz que governo Temer arma bombas na Previdência

21/09/2017 07:09

Tamanho da fonte

Bohn Gass diz que governo Temer arma bombas na Previdência

// Na tentativa de justificar sua proposta de reforma da Previdência, o governo Temer divulgou, recentemente, números que evidenciariam uma potencial explosão no déficit da Previdência Urbana. Segundo esses números, entre janeiro e julho deste ano em relação ao mesmo período no passado, o déficit da Previdência teria duplicado (102% maior). Para o deputado Elvino Bohn  Gass (PT/RS), no entanto, “a causa dessa eventual elevação do déficit, não está no aumento de despesas da Previdência com seus beneficiários, mas nos prejuízos causados pelas escolhas políticas e na gestão do próprio governo Temer, que impedem o crescimento das receitas.”

O parlamentar explica: “Primeiro, por que o governo adota uma política recessiva combinando congelamento de investimento público com redução de empregos e salários. Segundo, por que aterroriza as pessoas com uma proposta de reforma que as obriga a trabalharem, sem aposentadoria, até morrer. Quem não tem emprego nem salário, não contribui e a receita cai. E quem tem emprego, mas teme pelo futuro, corre para a aposentadoria e a despesa aumenta. É a equação perfeita para gerar a expectativa de explosão que o governo usa para tentar fazer a sociedade engolir a reforma”.

O deputado diz, ainda, que antes de propor qualquer reforma na Previdência, o que o governo Temer precisa fazer, com urgência, é atacar as causas da perda de arrecadação que ele mesmo tem causado. E não transferir a culpa de sua incompetência tentando cobrar a conta de quem não deve. “Na verdade, o maior déficit do Brasil, no momento, é o de legitimidade do governo Temer. E uma reforma tão importante quanto a da Previdência, não pode ser feita por um governo ilegítimo e baseada em informações manipuladas, questionáveis, quando não contraditórias e até mentirosas”, finaliza Bohn Gass.

 

 

Compartilhe:

  • Facebook
  • Share on Twitter