Cadastra-se para receber notícias
BOHN GASS DIZ QUE “ BRASIL VAI PARAR DE PRODUZIR LEITE E A CULPA É DO GOVERNO”

11/12/2018 08:00

Tamanho da fonte

BOHN GASS DIZ QUE “ BRASIL VAI PARAR DE PRODUZIR LEITE E A CULPA É DO GOVERNO”

// O deputado Elvino Bohn Gass (PT/RS) fez um alerta na Câmara Federal nesta terça-feira (11): “Se o governo Temer não tomar medidas urgentes, a produção de leite nacional entrará em colapso e todo o produto consumido no Brasil será estrangeiro”. Bohn Gass diz que, desde 2016, dezenas de milhares de agricultores vêm abandonando a cultura leiteira por conta do baixo preço pago aos produtores e que, apesar disso, nenhuma medida capaz de conter essa crise foi tomada pelo Brasil. “Não faltaram avisos. Representantes da cadeia leiteira já estiveram muitas vezes com ministros de Temer para pedir medidas como a contenção da importação de leite estrangeiro e a retomada das compras públicas de leite pelo governo. Nada foi feito. Chegamos, então, a dezembro de 2018 com uma situação insustentável. No Rio Grande do Sul, por exemplo, o preço pago ao produtor caiu 50 centavos por litro, só nos últimos três meses. Os valentes produtores que operaram no prejuízo, esperando por uma mudança no panorama, não têm mais como continuar”.

ORÇAMENTO - Esta semana, Bohn Gass fez mais uma tentativa para salvar a cadeia leiteira. Ele esteve com o relator do Orçamento Federal no Congresso Nacional, senador Wlademir Moka (MDB/MS) e pediu que sejam aumentadas as verbas destinadas às compras públicas (PAA – Programa de Aquisição de Alimentos e PNAE – Programa de Nacional de Alimentação Escolar) e à Companhia Nacional de Abastecimento (Conab). O objetivo é que o governo garanta a compra de leite brasileiro e abasteça os programas sociais e educacionais, bem como a formação de estoques pela Conab. “Isso ajudaria muito. A segunda parte, que é a interferência do governo federal na importação de leite estrangeiro, é mais complicada, mas também precisa ser assumida. Caso contrário, estará decretado o fim da produção de leite nacional”.

O deputado cita, ainda, como razão para a crise, o baixo consumo de leite pela população brasileira. Segundo ele, também aí o governo deve atuar com programas de estímulo ao consumo e com garantias à população de que o leite brasileiro é bem fiscalizado e, portanto, um alimento saudável. “Agora, no verão, há uma baixa de consumo por conta de substituição de leite por outras bebidas. Mas diante da crise que já dura meses, se nada for feito agora, talvez não haja reversão depois”, preocupa-se Bohn Gass.

CULPA - O deputado culpa a política do governo do MDB. “Com Temer, tudo foi extinto ou reduzido: o Ministério do Desenvolvimento Agrário acabou, os investimentos públicos, recursos para programas que garantiam mercado aos produtores, a renda do consumidor, a chance de emprego e a ação diplomática ficaram à míngua. Um exemplo: em 2015, o PAA tinha R$ 287,5 milhões; em 2018, executou menos de R$ 80 milhões. A isso, some-se a política internacional desastrada que chegou a anunciar restrições à importação e depois voltou atrás sem que nenhuma nova medida tenha sido tomada. A responsabilidade é do governo, sim”.

Compartilhe:

  • Facebook
  • Share on Twitter