Cadastra-se para receber notícias
Bohn Gass: “Mais recursos para a segurança: 36 municípios terão verba para cercamento eletrônico”

16/09/2019 06:05

Tamanho da fonte

Bohn Gass: “Mais recursos para a segurança: 36 municípios terão verba para cercamento eletrônico”

// “Para preservar a vida, devemos atuar conjuntamente”, disse o deputado federal Elvino Bohn Gass (PT) ao participar, nesta segunda-feira (16), da cerimônia em que a bancada federal gaúcha entregou uma emenda orçamentária R$ 18,8 milhões ao governo do Estado para instalação de um sistema de videomonitoramento e cercamento eletrônico que vai reforçar a segurança pública em 36 municípios.  “Quando uma das câmeras do cercamento eletrônico identifica um veículo irregular, emite um sinal de alerta para a central de videomonitoramento que, de pronto, repassa para a guarnição da Brigada que estiver mais próxima. Combate-se não só o furto e roubo de veículos, mas evita-se que outros crimes sejam cometidos”.  

O acordo entre os 31 deputados federais gaúchos já destinou cerca de R$ 67 milhões para a segurança pública do Estado. Em abril, foram 112 viaturas para a Polícia Civil e 2.253 coletes balísticos para a Brigada Militar. Em maio, 272 viaturas para a Brigada Militar, além de 274 coletes balísticos e 89 fuzis para a Polícia Civil. A cada deputado, cabe indicar 10 municípios a serem beneficiados pelas emendas da segurança. A distribuição do que vai para cada um cabe aos órgãos técnicos que analisam as condições de cada município. Bohn Gass indicou Santa Rosa, Ijuí, Santo Ângelo, Cruz Alta, Rio Grande, Bagé, Viamão, Três Passos, Sapucaia do Sul e São Luiz Gonzaga. No caso do cercamento eletrônico, dois municípios da lista foram contemplados: Cruz Alta e Sapucaia do Sul, que já tinham projetos adiantados nessa área.

4,5 MILHÕES DE GAÚCHOS BENEFICIADOS - “O projeto vai beneficiar cerca de 4,5 milhões de habitantes, além de ajudar no trabalho de 13 mil policiais militares e três mil policiais civis, que utilizarão as imagens e informações do videomonitoramento para ações de policiamento ostensivo e polícia judiciária”, explica o deputado petista.

FPM E CONGELAMENTO -          Bohn Gass aproveitou as presenças de dezenas de prefeitos e do vice-governador Ranolfo Vieira Júnior na cerimônia do Palácio Piratini, para dizer que a força política do Rio Grande precisa ser usada para impedir a continuação do congelamento de verbas para outras áreas como educação, saúde e agricultura e, ainda, para exigir que o governo Bolsonaro efetiva sua promessa de aumentar em 1% o percentual de repasse do Fundo de Participação dos Municípios.  

 

Compartilhe:

  • Facebook
  • Share on Twitter