Cadastra-se para receber notícias
Taxa de juros para pessoa física é a menor desde 1995

15/02/2013 02:01

Tamanho da fonte

Taxa de juros para pessoa física é a menor desde 1995

   

A divulgação, na quarta-feira (13), de mais um índice altamente positivo, - nova queda dos juros - demonstra que a preocupação dos governos petistas com a ampliação do mercado de consumo brasileiro e a garantia de a redução da taxa básica de juros da economia (taxa Selic) estão surtindo efeito. Segundo dados da Associação Nacional dos Executivos de Finanças, Administração e Contabilidade (Anefac), foi registrada a menor taxa de juros média geral para pessoa física em janeiro, passando de 5,44% ao mês em dezembro, para 5,43% ao mês em janeiro. É o menor índice desde 1995.

Também para pessoa jurídica, a taxa é a menor já registrada pela Anefac embora, entre dezembro e janeiro, não tenha sofrido alterações. O índice em janeiro manteve-se em 3,07% ao mês.

Ao contrário dos “especialistas” que apostam na derrocada da economia, a Anefac diz, em sua nota de divulgação da pesquisa, que sua expectativa é de que as taxas de juros voltem a ser reduzidas nos próximos meses “por conta da melhora da economia, pela maior competição no sistema financeiro após os bancos públicos promoverem reduções em suas taxas de juros, bem como com a expectativa de redução dos índices de inadimplência.”

Três das seis linhas de crédito para pessoas físicas pesquisadas mantiveram-se inalteradas em relação a dezembro: cartão de crédito rotativo (juro de 9,3%), empréstimo pessoal feito por bancos (2,93%) e empréstimo pessoal feito por financeiras (6,96%). Juros do comércio (4%) e cheque especial (7,77%) tiveram redução, respectivamente de 0,06 e 0,05 ponto percentual. Financiamento de veículos feito por bancos (1,54%) subiu 0,02 ponto percentual.

Das três taxas de juros cobradas para as pessoas jurídicas, desconto de duplicatas (2,22%) manteve-se inalterada, conta garantida (5,55%) teve queda de 0,02 ponto percentual, e capital de giro (1,45%) teve elevação de 0,04 ponto percentual.

Compartilhe:

  • Facebook
  • Share on Twitter