Cadastra-se para receber notícias
Mensagem ao Partido confirma Paulo Teixeira como candidato à presidência do PT

25/03/2013 05:46

Tamanho da fonte

Mensagem ao Partido confirma Paulo Teixeira como candidato à presidência do PT

Bohn Gass foi um dos coordenadores da plenária nacional da Mensagem ao Partido que definiu Paulo Teixeira (d) como candidato à presidência nacional do PT

A plenária nacional da Mensagem ao Partido, nos dias 22 e 23 de março, em Brasília, apresentou o nome do deputado federal Paulo Teixeira (SP) para disputar a presidência nacional do PT no próximo Processo de Eleição Direta (PED) que acontece em todo o país no próximo dia 10 de novembro.

“Somos grandes defensores do governo da Presidenta Dilma, e de um PT forte, que esteja presente no dia a dia de todos os brasileiros. Como partido e governo, temos um profundo compromisso com a democracia e a candidatura do companheiro Paulo Teixeira é a expressão deste trabalho”, afirmou o deputado Elvino Bohn Gass (PT/RS), um dos coordenadores do encontro. Bohn Gass ressaltou o desempenho de Teixeira na liderança da bancada federal petista em 2011. “É um dirigente partidário que pratica a democracia nas relações que estabelece com os seus colegas de bancada, nas relações com os adversários políticos e com o Governo. Tem visão nítida do que representa o projeto do PT para o país e nutre profundo respeito pela participação popular”, resumiu o parlamentar gaúcho referindo-se a Teixeira.

A defesa das transformações sociais implementadas pelos governos de Lula e Dilma esteve em quase todas as manifestações da plenária da Mensagem. Para Bohn Gass, os avanços no campo social estão mudando a realidade de milhões de brasileiros. “O governo do PT está atuando de forma séria para eliminar a pobreza extrema em nosso país e isto, aliado ao desenvolvimento econômico e aos investimentos em educação, vão consolidar o Brasil como um exemplo para todo o mundo”.

No final da plenária foi definida a coordenação provisória que vai articular a atuação da Mensagem ao Partido nos 26 estados e no Distrito Federal. Esta coordenação já atende a deliberação do 4º Congresso do PT de 2011, com paridade de gênero e a incorporação de jovens e negros na direção. “Estamos demonstrando para o partido que é possível, sim, termos direções com jovens em papeis de destaque. O processo de renovação das direções partidárias passa pelo fortalecimento de novos quadros políticos”, ponderou o Bohn Gass ao reafirmar que a Mensagem ao Partido vai apresentar chapas que atendam aos critérios definidos em 2011 “em todas as instâncias”.

 

 

 

Compartilhe:

  • Facebook
  • Share on Twitter