Cadastra-se para receber notícias
DIA DO ESTUDANTE, DIA DO CARA PINTADA

10/08/2011 03:00

Tamanho da fonte

DIA DO ESTUDANTE, DIA DO CARA PINTADA

Há 184 anos, o Brasil definiu que 11 de agosto seria o Dia do Estudante. Isso foi em 1827, mas a história mostra que, bem antes, os estudantes já cumpriam um papel importante na luta pela liberdade. O ponto alto dessa participação da juventude no Brasil talvez tenha sido o protagonismo num dos momentos mais delicados da história do país – o impeachment de Collor. A gurizada pintou a cara e foi às ruas impusionando a sociedade a, também, reagir. Foi tão forte a presença dos estudantes que eles se tornaram o símbolo daquela mobilização que acabou por envolver o Brasil inteiro. É em homenagem à ousadia e à coragem daqueles jovens que chamamos, aqui, o Dia do Estudante do Dia do Cara Pintada.

São inúmeras as personalidades políticas brasileiras e mundiais que começaram suas trajetórias nos movimentos estudantis. Abaixo, relacionamos alguns momentos históricos em que os estudantes se organizaram, se posicionaram e exigiram direitos, não só deles próprios, mas da sociedade e, com isso, transformaram a realidade em que viviam e contribuíram para a construção de um mundo melhor.


1710 ...quando mais de mil soldados franceses invadiram o Rio de Janeiro, uma multidão de jovens estudantes de conventos e colégios religiosos enfrentou os invasores, vencendo-os e expulsando-os

1786 ...doze estudantes brasileiros residentes no exterior fundaram um clube secreto para lutar pela Independência do Brasil. Alguns estudantes desempenharam papel fundamental para o acontecimento da Inconfidência Mineira

1827 ...foi fundada a primeira faculdade brasileira, a Faculdade de Direito do Largo São Francisco. Este foi o primeiro passo para o desenvolvimento do movimento estudantil, que logo integrou as campanhas pela Abolição da Escravatura e pela Proclamação da República

1897 ...estudantes da Faculdade de Direito da Bahia divulgaram, através de um documento escrito, as atrocidades ocorridas em Canudos (BA)

1901 ...fundação da Federação de Estudantes Brasileiros, que iniciou o processo de organização dos estudantes em entidades representativas

1914 ...estudantes tiveram participação significativa na Campanha Civilista de Rui Barbosa ocorrida em meados do século XX, e na Campanha Nacionalista de Olavo Bilac, promovida durante a 1ª Guerra Mundial

1932 ...a morte de quatro estudantes (MMDC – Martins, Miragaia, Dráusio e Camargo) inspirou a revolta que eclodiu na insurreição de São Paulo contra o Governo Central (Revolução Constitucionalista)

1937 ...criação da União Nacional dos Estudantes (UNE), a entidade brasileira representativa dos estudantes universitários

1952 ...primeiro Congresso Interamericano de Estudantes, no qual se organizou a campanha pela criação da Petrobrás – “O Petróleo é Nosso”

1963/64 ...os estudantes foram responsáveis por um dos mais importantes momentos de agitação cultural da história do país. Era a época do Centro Popular de Cultura (CPC) da UNE, que produziu filmes, peças de teatro, músicas, livros e teve uma influência, que perdura até os dias de hoje, sobre toda uma geração

1964 ...em 1º de abril, o Golpe Militar derrubou o presidente João Goulart. A partir daí foi instituída a ditadura militar no Brasil, que durou até o ano de 1985. Neste período as eleições eram indiretas, sem participação direta da população no processo de escolha de presidente e outros representantes políticos. Os estudantes formavam uma resistência contra o regime militar, expressando-se por meio de jornais clandestinos, músicas e manifestações, enfrentando a intensa repressão

1968 ...em março, morre o estudante Edson Luís, assassinado por policiais no restaurante Calabouço, no Rio de Janeiro. No congresso da UNE, em Ibiúna, os estudantes reuniram-se para discutir alternativas à ditadura militar. Houve invasão da polícia, muitos estudantes foram presos, mortos ou desapareceram, evidenciando a repressão e a restrição à liberdade de expressão que eram características desse período. Em junho deste ano ocorre a passeata dos Cem Mil, que reuniu artistas, estudantes, jornalistas e a população em geral, em manifesto contra os abusos dos militares


1979 ...as entidades estudantis começam a ser reativadas. Acontece a primeira eleição por voto direto na história da UNE, quando é eleito o presidente baiano Rui César Costa e Silva.

1984  ...“1,2,3,4,5 mil. Queremos eleger o presidente do Brasil!!!” Diretas Já! – movimento da população, com participação fundamental dos estudantes e dos políticos progressistas, para a volta das eleições diretas para presidente no Brasil. O congresso votou a favor das eleições indiretas e Tancredo Neves foi nomeado presidente para o próximo mandato (a partir de 1985). Ficou decidido que as próximas eleições, em 1989, seriam diretas. Depois de 34 anos de eleições indiretas Fernando Collor de Melo é eleito presidente

1992 ...acontecem sucessivas manifestações nas ruas contra a corrupção no governo dando início ao movimento de estudantes chamado Caras Pintadas, que resultou no Impeachment do então Presidente da República, Fernando Collor de Melo

Fontes: Mundo  Jovem / Instituto Sou da Paz
           

Haveria muito mais a mostrar sobre as conquistas que tiveram protagonismo dos estudantes, mas cremos que estas que listamos já são suficientes para que se respeite, apoie e estimule a sua organização. O mandato do deputado federal Elvino Bohn Gass tem feito lutas neste sentido. Agora mesmo, está organizando o 1º Seminário Nacional de Juventude Rural do Brasil que vai acontecer em Brasília, no próximo dia 31 de agosto. Bohn Gass tem lutado pela ampliação das escolas técnicas e das universidades federais. E, em toda a sua trajetória, o parlamentar batalhou, sempre, por maiores recursos para a educação em todos os níveis, pelo respeito aos profissionais dessa área e por um ensino de qualidade. Achamos que não há melhor forma de mostrar o nosso respeito, admiração e gratidão aos estudantes brasileiros do que estarmos ao lado de suas lutas. Até porque, em se tratando da vida, somos e sempre seremos, todos, estudantes.

A imagem ao lado é do Manual dos Grêmios Estudantis, publicação da Escola do Legislativa da Assembleia Legislativa do RS que está sob a Coordenação do Deputado Jeferson Fernandes (PT).

Onde conseguir: escola.legislativo@al.rs.gov.br - www.al.rs.gov.br/escola - fone/faz (51) 3210.1167

 

Compartilhe:

  • Facebook
  • Share on Twitter